segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Poema para o novo amor

PRESENÇA
A Lílian
Se meu espírito respira melhor
Na proximidade do teu ser fluente
É que a vida nos faz crer
Que para além do corpo próprio
Há o corpo de outro ser
Que emana luz dos olhos afetivos
E muito vivos como só no amor

Tudo que vem a ser encontro
Confluência, sintonia, consonância
Torna-se a dança da poesia em nós

Quero assim cantar a alegria
De cada dia sonhado junto à fonte
Do prazer de viver na tua presença.
Ivan Maia

Nenhum comentário: