sábado, 20 de março de 2010

corpoema: Vídeo-poema Meio Vivo Meio Vida

corpoema: Vídeo-poema Meio Vivo Meio Vida

À minha amada Lilith

EFEITOS DO AMOR

O amor me revira
E viro um ser
Amante da vida
Em seu vir-a-ser

O amor me avisa
Que vai nascer
Quando a amada querida
Me aparecer

O amor me revolta
Se alguém sem amor
Deixa a vida ferida
Sem sequer socorrer

O amor me atinge
Transforma e faz morrer
E com a vida renascida
Cuida de seu prazer

O amor me eleva
Me faz florescer
E se fica então florida
É pela arte de viver.

Ivan Maia